First International Conference of Young Urban Researchers (FICYUrb)
    Home > Papers > Daniel Bitter
Daniel Bitter

Culturas populares em trânsito: Interesses e ressonâncias na patrimonialização de práticas tradicionais.

Daniel Bitter
Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, UFRJ

     Full text: Paper removed by author
     Last modified: June 8, 2007
     Presentation date: 06/12/2007 10:00 AM in ISCTE-II C201
     (View Schedule)

Abstract
No Brasil, a intensa migração de populações rurais para as grandes cidades, nas últimas décadas, tem contribuído para ampliar a já existente cultura popular urbana. Somando-se e amalgamando-se a esta, suas práticas culturais “tradicionais” freqüentemente sofrem diversos ajustamentos em contextos cosmopolitas. Em muitos casos, estas práticas tornam-se importante instrumento de afirmação dos laços sociais e da identidade cultural de numerosas comunidades. Observa-se que, nas cidades, estas manifestações extrapolam os limites locais e orgânicos da comunidade e trafegam por outros contextos de maior visibilidade e publicidade, implicando em adaptações e transformações. Propõe-se aqui refletir sobre políticas de cultura e práticas de patrimonialização, considerando a mudança de status pela qual estas manifestações passam. Pretende-se enfocar os processos de reclassificação que as atravessam, muitas vezes em nome da constituição de memórias. Festas, rituais, músicas, danças têm se multiplicado na forma de espetáculos artísticos, exibidos em teatros, palcos ou ainda em festivais folclóricos, pressupondo um diversificado público. Estas manifestações também têm se desdobrado na forma de produtos como CDs, livros, DVDs, o que pressupõe o envolvimento de atividades produtivas. Muito tem se falado a cerca dos interesses dos diversos agentes, espaços e instituições, nos processos de “objetificação cultural”, mas pouco sobre os interesses das próprias comunidades locais em se inserirem nesses novos cenários de expressão, produção, representação e circulação cultural. Desse modo, o foco desta comunicação está em pensar as ressonâncias entre, de um lado, comunidades e seus saberes, festas, ritos etc, e de outro, agentes, espaços e instituições culturais diversas que transitam entre o Estado e o mercado, passando ainda pelos movimentos sociais. Para este fim, lança-se mão de um estudo de caso, a partir de etnografia realizada pelo autor em torno das ações coletivas e modalidades rituais exercidas por uma manifestação cultural denominada folia de Reis, difundida tanto em áreas rurais como em áreas urbanas brasileiras.
Para este fim, lança-se mão de um estudo de caso, a partir de etnografia realizada pelo autor, sobre grupos sociais que, na cidade do Rio de Janeiro, celebram uma manifestação cultural denominada folia de Reis.

Research
Support Tool
  For this 
refereed conference paper
Capture Cite
View Metadata
Printer Friendly
Context
Author Bio
Define Terms
Related Sites
Pay-Per-View
Social Sci Data
Social Theory
Online Forums
Legal Materials
Gov Policies
Media Reports
Action
Email Author
Email Others
Add to Portfolio



    Learn more
    about this
    publishing
    project...


Public Knowledge

 
Open Access Research
home | overview | program | call for papers | submission
papers | registration | organization | schedule | links
  Top