First International Conference of Young Urban Researchers (FICYUrb)
    Home > Papers > Ferro Lígia
Ferro Lígia

“Go with the flow”: Estruturas, espaços e contextos do parkour na cidade de Lisboa

Ferro Lígia
CIES-ISCTE

     Full text: Not available
     Last modified: March 16, 2007
     Presentation date: 06/11/2007 4:30 PM in ISCTE-II C202
     (View Schedule)

Abstract
O parkour é uma prática relativamente nova em Portugal, embora tenha nascido há mais de 16 anos num subúrbio de Paris (Lisses). Esta prática consiste em “traçar” um percurso na cidade (do ponto A ao ponto B), o qual deverá concretizar-se através da superação dos obstáculos arquitectónicos urbanos com “flow”. Mais do que um desporto que exige uma disciplina quotidiana rigorosa, o parkour é também perspectivado como uma prática artística associada uma filosofia particular. O flow, descrito como um estado de liberdade no espaço da cidade, pode ser atingido libertando a mente enquanto se trabalha o corpo.
Partindo dos resultados de uma pesquisa etnográfica feita no bairro de Telheiras, em Lisboa, tentaremos debater como esta prática reinterpreta e estrutura a rua, rompendo com os modelos de organização do espaço público urbano: os traceurs dão usos à rua que são distintos daqueles que foram inicialmente previstos pelos arquitectos e urbanistas. Através de movimentos muito rápidos e fluidos na rua, os traceurs (re)interpretam-na como um horizonte contínuo de oportunidades: cada obstáculo é encarado como uma chance de movimento.
As ruas das cidades são usadas por uma grande diversidade de actores sociais o que gera relações de conflito. A trajectória percorrida pelos vários agentes desde o planeamento do espaço público até aos seus usos diversos, passando pelo controlo das administrações municipais, requer uma reflexão conjunta que possa ser traduzida na aplicação de modelos de planeamento mais profícuos (capazes de ter em conta a diversidade dos urbanitas). A premissa tradicional nos campos da arquitectura e do urbanismo é a de que o design do espaço influencia as práticas sociais, enquanto que os sociólogos e antropólogos tendem a enfatizar as reinvenções e transformações dos espaços urbanos através dos seus múltiplos usos. Adoptando uma postura inter-disciplinar, tentaremos discutir a importância das várias perspectivas do problema, partindo das conclusões do estudo de caso referido.

Research
Support Tool
  For this 
refereed conference abstract
Capture Cite
View Metadata
Printer Friendly
Context
Author Bio
Define Terms
Related Sites
Pay-Per-View
Social Sci Data
Social Theory
Online Forums
Legal Materials
Gov Policies
Media Reports
Action
Email Author
Email Others
Add to Portfolio



    Learn more
    about this
    publishing
    project...


Public Knowledge

 
Open Access Research
home | overview | program | call for papers | submission
papers | registration | organization | schedule | links
  Top