First International Conference of Young Urban Researchers (FICYUrb)
    Home > Papers > Olga Firkowski
Olga Firkowski

Internacionalização e produção de novos espaços urbanos em Curitiba (Brasil)

Olga Firkowski
Departamento de Geografia - Universidade Federal do Paraná -

     Full text: PDF
     Last modified: May 16, 2007
     Presentation date: 06/11/2007 11:30 AM in ISCTE-II C104
     (View Schedule)

Abstract
As novas formas urbanas são objeto de intensos debates e recebem diferentes denominações na atualidade, dentre elas, metápoles, exopolis e cidades-região. Tais denominações ganham concretude nos novos arranjos espaciais, marcados por elementos relacionados a uma dinâmica internacionalizada, capaz de alterar profundamente a lógica das atividades existentes.
Dentre as várias categorias de transformações que são decisivas para a compreensão desses novos espaços urbanos, destacam-se os centros empresariais; os edifícios corporativos; as novas implantações industriais; os espaços comerciais como os shoppings centers, os hipermercados e as lojas de departamento; a instalação de hotéis de bandeiras internacionais, os espaços destinados às conferências, feiras e exposições; os espaços de entretenimento, como os parques temáticos e as novas salas de cinema; bem como os espaços residenciais protegidos e segregados, sobretudo relacionados aos edifícios de alto padrão e aos condomínios fechados.
Em Curitiba (estado do Paraná, Brasil), a internacionalização da economia se deu de forma mais efetiva a partir de meados da década de 1990, com a implantação de inúmeras empresas transnacionais, capitaneadas pela indústria automobilística, mas também ligadas a outros setores da economia urbana, notadamente os serviços e o comércio especializados, produzindo distintos espaços, contraditórios e complementares, que atendem a lógicas também diversas.
A forma urbana correspondente também se altera e se amplia, originando uma realidade urbano/metropolitana que se inscreve numa escala espacial intermediária, qual seja o aglomerado metropolitano de Curitiba, maior que a escala político-administrativa do município e sua sede urbana e menor que a escala da região metropolitana institucionalizada.

Research
Support Tool
  For this 
refereed conference paper
Capture Cite
View Metadata
Printer Friendly
Context
Author Bio
Define Terms
Related Sites
Pay-Per-View
Social Sci Data
Social Theory
Online Forums
Legal Materials
Gov Policies
Media Reports
Action
Email Author
Email Others
Add to Portfolio



    Learn more
    about this
    publishing
    project...


Public Knowledge

 
Open Access Research
home | overview | program | call for papers | submission
papers | registration | organization | schedule | links
  Top