First International Conference of Young Urban Researchers (FICYUrb)
    Home > Papers > João Pedro S. Nunes
João Pedro S. Nunes

Forma urbana e experiência residencial em três grandes conjuntos residenciais de Lisboa (1960-1974)

João Pedro S. Nunes
Universidade Nova de Lisboa

     Full text: Not available
     Last modified: April 12, 2007
     Presentation date: 06/11/2007 11:30 AM in ISCTE-II C201
     (View Schedule)

Abstract
Em finais dos anos ’50, os grandes conjuntos residenciais vieram alterar a estruturação do território suburbano das cidades europeias – tanto ocidentais como orientais. Torres e barras de habitat colectivo, compreendendo geralmente mais de 1000 alojamentos, organizados segundo princípios do urbanismo funcionalista e situadas na frente pioneira do espaço urbano tornaram-se deste então uma forma repetida e banal. Contribuindo para a extensão do edificado em territórios cada vez mais penetrantes no hinterland das cidades, estes conjuntos residenciais incidiram nos padrões de mobilidade quotidiana e na (re)produção de desigualdades sociais urbanas – seja pela novidade da localização e pelas características do habitat, seja pelo valor social atribuído a estes novos endereços residenciais.
No caso português e salvo algumas excepções – como em Lisboa, Olivais Norte e Sul ou Chelas, por exemplo – os grandes conjuntos residenciais não eram originários de programas públicos e as concepções urbanísticas subjacentes à sua edificação epitomizavam um tipo de urbanismo operacional protagonizado por promotores privados. À época a nomeação destes espaços constituía um problema quer para os promotores, quer para os jornalistas que lhes dedicavam uma extensa cobertura noticiosa na imprensa: de cidades-satélite a bairros, de cidades-novas a conjuntos passando por termos com conotação negativa como dormitório.
Reconstituindo a génese de três grandes conjuntos de origem privada situados na zona oeste da área metropolitana de Lisboa – Nova Oeiras, Miraflores e Reboleira – procurar-se-á explicar a sua forma urbana e interpretar as diferentes concepções de cidade e de vida urbana que lhes estavam subjacentes. Simultaneamente, através de reportagens e de cartas dirigidas aos jornais, apreendem-se as experiências pioneiras de ocupação residencial destes espaços e as modalidades pelas quais os citadinos procuram construir uma ordem local e criar espaços de vida urbana mais qualificada.

Research
Support Tool
  For this 
refereed conference abstract
Capture Cite
View Metadata
Printer Friendly
Context
Author Bio
Define Terms
Related Sites
Pay-Per-View
Social Sci Data
Social Theory
Online Forums
Legal Materials
Gov Policies
Media Reports
Action
Email Author
Email Others
Add to Portfolio



    Learn more
    about this
    publishing
    project...


Public Knowledge

 
Open Access Research
home | overview | program | call for papers | submission
papers | registration | organization | schedule | links
  Top